satisfacao-trabalho

3 Fatos Críticos: Engajamento, Reconhecimento e Oportunidades de Crescimento

satisfacao-trabalho

Você sabia que o engajamento e a percepção de reconhecimento são altamente relacionados com as oportunidades de crescimento que o profissional recebe?! Não sou eu que estou dizendo isso, é o Great Place To Work, que realiza as pesquisas das melhores empresas para se trabalhar. E qual empresa não quer profissionais que estejam engajados e se sintam reconhecidos?! E qual profissional não quer se sentir engajado e reconhecido?

E, para oportunidades de crescimento, é preciso desenvolvimento. Gostaria de falar com você sobre desenvolvimento, mas não quero lhe oferece mais um treinamento. Sim, você deve receber muitas divulgações sobre esse tema. Quero te convidar a ir mais fundo e fazer uma reflexão comigo.

Um ponto é poder diferenciar treinamento de desenvolvimento. Desenvolvimento é uma ação mais ampla, que envolve a aquisição e a aplicação prática do conhecimento, incluindo o treinamento (aquisição) que é a menor parte, a modelagem e/ou supervisão e a aplicação, prática em si (a maior parte dele). Sem esses 3 elementos, não há desenvolvimento.

desenvolvimento

Interessante observar quando se escolhe treinamentos muitas vezes se foca a consequência do problema que se quer solucionar e não na causa deste problema. Como assim? Já parou para pensar porque existem, por exemplo, tantos treinamentos sobre oratória e comunicação e a queixa ainda é de que as pessoas não se comunicam? (E eu não tenho nada contra treinamentos de comunicação, admiro e recomendo). Porque, na maioria das vezes, não é esse o problema, não é não saber falar, é o não querer, é o não saber como aplicar uma técnica, etc etc etc. Para quem usa ferramentas de qualidade, vale a técnica dos 5 porquês, para chegar a causa de fato. Para quem não conhece a técnica, pense em uma criança de 6 anos que pergunta “por quê?” até não se conseguir mais responder.

Observando e atuando em diversos cenários de desenvolvimento, meu olhar sempre foi para o que originou a demanda. Usando o exemplo da comunicação, muitas vezes é um individuo em posição de liderança que deixa de colocar um limite, ou trata pessoas de formas diferentes … daí já viu né, dá problema de comunicação. E como um treinamento de comunicação resolver isso? Simples, não resolve.

Uma analogia para exemplificar essa ideia é uma caixa d’água que estava vazando … ao invés de ver porque ela vaza e resolver isso (entender a causa de fato e atuar sobre ela) simplesmente se coloca mais água sempre “ah, se está faltando água, coloca água” e assim fica o circuito, com esforço gasto que não reverte em solução.

Da mesma forma com o tema de desenvolvimento, quantas vezes buscamos ou recomendamos “colocar mais água” ao invés de entender a causa raiz. Quanto se gasta de dinheiro e de esforço com um paliativo ao invés de investir na auto-reflexãoautoconsciência e mesmo na análise da situação para ter uma solução efetiva? Fica-se com a primeira resposta que é sempre mais fácil, porem quase nunca efetiva.

Lembra que começamos falando de engajamento e reconhecimento?! Que os mesmos são altamente ligados com as oportunidades de desenvolvimento?! Quer melhorar seu resultado, seu engajamento e reconhecimento? Encare o desenvolvimento de frente, e não seja um “refém de treinamento” que está lá só esperando acabar. Olhe para o que precisa de fato ser transformado, ao que precisa ser resolvido e invista nisso, você verá que é bem mais fácil do que parece, além de ser muito mais motivador e gratificante.

E você, aceita o desafio?

___________

Quem sou eu? Sou Cibele Sanches, atuo na Rumo Coaching & Consultoria, onde minha missão é desenvolver e transformar pessoas e carreiras. Como faço isso? Através de ações focadas em desenvolvimento, baseadas e inspiradas em coaching e mentoria. Uso para isso meus mais de 15 anos de experiência em gestão de pessoas, atuando em ambientes complexos e de mudanças em empresas multinacionais e nacionais.

Você pode conhecer mais sobre meu trabalho em meus canais, seja em vídeos ou em meus artigos ou mesmo os feedbacks dos clientes da Rumo.

Para saber mais e receber novidades: www.rumocoaching.com.br/contato

Obrigada por ter lido este artigo e um ótimo dia!!!

Linkedin: Clique aqui se quiser ler este artigo no Pulse do Linkedin

Feedback

Quem tem medo do feedback?

Feedback

Você sabia que feedback vem da biologia? Eu sempre comento que quando se entende da onde vem a palavra, se entende o que é. E entendendo, fica claro que todo feedback é para melhoria.

Hoje vim realmente falar com você, por isso te convido a assistir o vídeo abaixo.

E você? Aceita o desafio do feedback?

Medo de feedback? Venha entender como funciona o feedback e como usá-lo a seu favor.

______________

Eu, Cibele Sanches (cibele@rumocoaching.com.br), sou Coach de realização profissional, Mentora de coaches e Consultora em Gestão de Pessoas. Fundei a Rumo Coaching & Consultoria com a missão de desenvolver e transformar pessoas e carreiras.

Quer um suporte para seu autodesenvolvimento? Receba gratuitamente a Trilha de Autocoaching de Realização Profissional, clique aqui.

www.rumocoaching.com.br

 

Clique aqui se quiser ver este posting no Linkedin

Talento

Talento: 5 características que não são talentos e 3 dicas para acha-lo

Talento

“Talento, palavra de origem latina, é a inclinação natural de uma pessoa a realizar determinada atividade”

(fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Talento)

Nas minhas pesquisas, também descobri que talento é uma antiga moeda e uma medida de peso na Grécia e Roma antiga … confesso que achei muito interessante, pois o talento nos remete ao “vale quanto pesa” ou mesmo a valoração de cada um em função daquilo que faz utilizando seu talento.

Mas o que é talento? Mais do que isso, como você pode achar?

Dentro dos meus anos trabalhando com desenvolvimento de pessoas, muitas vezes presenciei diversas situações onde talento era tratado como sinônimo de outras características, tais como:

  1. Potencial
  2. Sucesso
  3. Fama
  4. Característica positiva
  5. Algo que não necessita de aperfeiçoamento

Esses são só os mais comuns, mas vamos entender por que isso não é talento:

  • Potencial é uma capacidade que pode ser desenvolvida e talento é algo que já está presente, podendo sim ser aperfeiçoado.
  • Sucesso (além de conceito interno de cada um), é o resultado das ações. O talento pode levar ao sucesso, mas ter talento por si só, se não aplicado, não leva muito longe.
  • Fama, comumente confundida com sucesso, fama é o reconhecimento social. Ter um talento pode sim te levar a fama dentro de seu grupo social, mas só se aplicado, colocado em ação, ou seja, novamente, pode ser uma consequência do talento e não o talento em si.
  • Característica positiva: é importante lembrar que positivo e negativo são julgamentos de valores e, para tal, se faz com base em uma perspectiva, em uma aplicação, ou seja, somente quando se usa o talento pode saber se é uma característica positiva ou negativa. Por exemplo: comumente se diz que ser extrovertido é “sempre” positivo. Já imaginou uma pessoa super extrovertida em uma função que tem que trabalhar sozinha e de forma mais isolada? Com certeza não é uma boa aplicação, não é um talento para aquela função.
  • Não necessita de aperfeiçoamento … a boa e velha síndrome de Gabriela “eu nasci assim, eu cresci assim”. O fato de ser uma inclinação natural não quer dizer que esteja 100% desenvolvida. Sem falar que melhoria continua sempre é interessante.

Como achar o que é talento então? Aqui está uma pegadinha, normalmente a última pessoa a descobrir seu talento é você mesmo. Sim, isso mesmo, você é o último a saber. Por ser uma inclinação natural, o seu talento é fácil para você. É o tipo de coisa que você pensa “nossa, como os outros não conseguem fazer isso??!?! É tão simples!!”. Ou então você começa a perceber que várias pessoas te dizem a mesma coisa e, em muitas vezes, você responde “não, nem sou bom nisso, bondade sua. ”

Sabe o que ocorre para quem não é autoconsciente? Perde a chance de conhecer seu talento e, pior ainda, perde a chance de usá-lo estrategicamente.

O que sempre trabalho é poder usar aquilo que você é bom para te tornar melhor ainda. Então, use estas três dicas para achar seus talentos:

  1. Reflita e mapeie o que é fácil para você realizar
  2. Escute o que os outros te dizem que você faz bem
  3. Mapeie o que sempre te chamam para fazer porque você faz melhor que os outros

Pois sim, um talento normalmente é um ponto cego, por ser tão simples e tão natural para você, você nem se dá conta que é um diferencial seu e perde a oportunidade de usar como alavanca para seu desenvolvimento pessoal e profissional, para seus resultados.

Então, já pensou quais são os seus talentos e em como utilizá-los melhor?

______________

Eu, Cibele Sanches (cibele@rumocoaching.com.br), sou Coach de realização profissional, Mentora de coaches e Consultora em Gestão de Pessoas. Fundei a Rumo Coaching & Consultoria com a missão de desenvolver e transformar pessoas e carreiras.

Quer um suporte para seu autodesenvolvimento? Receba gratuitamente a Trilha de Autocoaching de Realização Profissional, clique aqui.

www.rumocoaching.com.br

Rumoletter - NOTÍCIAS E INFORMAÇÕES COM FOCO EM VOCÊ!!!

Rumoletter – Setembro 2016

 

Setembro começa com a estreia Da Rumoletter, notícias e informações com foco em você!!!

As últimas semanas têm sido bastante atribuladas, com muitas movimentações políticas e econômicas, inclusive com os primeiros sinais de estabilização da economia e números sendo revisitados com prognostico mais positivo (ou, pelo menos, menos negativo).

Esse cenário todo impacta diretamente o mercado de trabalho e, junto com isso, existem muitas movimentações profissionais, sejam em função de reduções em empresas, ou mesmo novas colocações em função do momento econômico, pois sempre existem oportunidades. Veja aqui alguns dados de mercado sobre novas oportunidades.

E aqui alguns indicadores econômicos. Ainda há retração, mas sinais de reação já estão sendo percebidos.

 

E o que isso tem relação com carreira? Muito, estar pronto para o mercado e alinhado com o que te faz feliz permite maior realização profissional.

E no que a Rumo Coaching pode te ajudar? Como especialista em atendimento à distância e com foco na realização profissional dos clientes, tivemos diversos materiais liberados nestas últimas semanas, todos pensando no seu desenvolvimento, em como auxiliar você a ser a sua melhor versão.

Além do novo site que já está no ar cheio de informações e conteúdo para você, tivemos também reflexões e insights sobre:

 

Você já parou para pensar nas histórias que quer contar? Vamos refletir juntos?! Veja aqui o que preparei para você!

Outro tema muito especial foi sobre feedback … você tem medo do feedback? Veja aqui mais sobre esse tema tão impactante em nosso dia a dia.

 

Também consegui traduzir alguns pontos críticos que meus clientes trazem durante seu processo de desenvolvimento, alguns que eles nem tinham ciência. Será que você também passa pelo mesmo que eles? De uma olhada nestes relatos.

2 coisas que podem estar faltando em você e que atrapalham sua carreira

 

 

10 fatos sobre coaching que sempre surpreendem

 

Por final, mas não menos importante, em comemoração ao 1 ano da Rumo Coaching & Consultoria, quem ganha o presente é você. Receba em seu email nossa Trilha de Autocoaching de Realização Profissional, é só clicar aqui.

 

Aproveite este mês que se inicia e se permita aceitar o desafio de ser sua melhor versão, de se realizar naquilo que você faz.

 

Acompanhe a Rumo no seu canal preferido, ou peça para receber a próxima Rumoletter em seu email.

 

Obrigado e um ótimo Setembro para você!!

 

Cibele Sanches

Coach de Realização Profissional|Mentora de coaches|Consultora de gestão de pessoas| Especialista em Atendimento Remoto

cibele@rumocoaching.com.br

rumocoaching@gmail.com

www.facebook.com/rumocoaching

www.rumocoaching.com.br

https://www.linkedin.com/company/rumo-coaching

Grupo:Realização Profissional – trabalho que completa

Sozinho X Acompanhado

Sozinho ou Acompanhado?

Sozinho X AcompanhadoEssa pergunta pode ser feita em diversos cenários, e o que eu quero convidar para refletir é sobre o desenvolvimento. Vamos começar entendendo o que é desenvolvimento. De forma simples, desenvolvimento é crescimento, evolução, progresso.

Quem pode desenvolver você? Vou dar uma dica: se a resposta foi qualquer coisa diferente de “eu mesmo” …. está errada!!!

O processo de desenvolvimento é sempre coordenado e controlado pelo indivíduo, pelo eu.  Ninguém é capaz de desenvolver uma outra pessoa. Provavelmente aqui já deve ter gente pensando que eu estou fora da realidade, pensando em tantas pessoas que ajudaram você chegar ao ponto que você está hoje ou mesmo quantas pessoas você ajudou a desenvolver. Então eu digo, você está começando a entender meu ponto. Quando falamos de desenvolvimento, este é um processo interno. Ninguém pode forçar alguém a aprender algo, um adulto só aprende porque ele quer, porque tem motivação (motivo para ação), motivo para aprender e se desenvolver. Com base neste motor, aí sim busca-se referências, auxílios, mentorias, experiências, cursos e tantos outras formas que fomentam o desenvolvimento.

Neste cenário, a resposta à pergunta “sozinho ou acompanhado? ” tem a resposta clássica … depende!  🙂  . Cada pessoa tem uma forma de evoluir e também varia em necessidade de apoio. Seja qual for a forma, ou se precisa de apoio externo ou não, todo processo de desenvolvimento começa do desejo de sair do lugar, de evoluir. E tudo isso começa com autorreflexão.

Precisa se desenvolver em algum aspecto e não sabe muito bem como fazer? Te dou duas dicas:

1 – Foque em seus pontos fortes e use eles como alavanca para seu crescimento.

2 – Reflita sobre este aspecto no qual você precisa se desenvolver: no que está te impedido de evoluir e o que você poderá fazer quando atingir esse novo patamar.

A tomada de consciência sobre si mesmo vai permitir você encontrar seu caminho a percorrer e então você poderá escolher se sozinho o acompanhado.

Um bom caminho para você!!!

____________

Eu, Cibele Sanches (cibele@rumocoaching.com.br), sou Coach de realização profissional, Mentora de coaches e Consultora em Gestão de Pessoas. Fundei a Rumo Coaching & Consultoria com a missão de desenvolver e transformar pessoas e carreiras.

Quer um suporte para seu autodesenvolvimento? Receba a Trilha de Autocoaching de Realização Profissional, clique aqui.

Coaching

10 fatos sobre coaching que sempre surpreendem

Coaching

Ajudar profissionais a terem mais segurança e clareza para terem maior realização profissional. Esse é um resumo do meu trabalho como Coach. Atividade realizada com muita dedicação e com base em anos de estudo e experiência em desenvolvimento de pessoas.

Conforme vou atendendo, começo a ver frases que meus diferentes clientes repetem, e algumas começaram a chamar minha atenção.  Sendo que algumas até são engraçadas quando escuto. Assim, com o objetivo de tornar mais concentro o que é coaching, juntei aqui 10 fatos sobre o processo de coaching.

Apenas para facilitar a compreensão, quero clarificar dois conceitos que por vezes são usados como sinônimo e não o são:

Coaching: processo de melhoria focada e acelerada

Coach: profissional que conduz o processo.

Vamos aos 10 fatos!!

1 – “Nossa, isso funciona!!”  – amo quando meus clientes dizem isso … e eles sempre dizem.

2 – Sim, é rápido – o foco e o trabalho estruturado permitem que itens, ações ou mesmo sentimentos que pareciam incapazes de mudarem, mudem e de forma rápida (e estou falando de processos que duram até 3 meses para serem concluídos).

3 – “Nossa, eu achei que era mais caro” – escuto muito este comentário de meus clientes, até já fiquei pensando se não deveria subir o preço (risos), mas não é esse o ponto e sim de que se tem uma ideia de alto investimento financeiro, quando na verdade, o investimento maior é o da dedicação. E vem outra questão:  quanto você vale para você? Quando vale usar seu dinheiro com você mesmo … não é tão caro assim 🙂

4 – “Que pergunta difícil esse, heim?!” – sim, você escutará perguntas difíceis. O Coach tem que desafiar seus clientes dentro do caminho rumo ao objetivo dele. Se não fosse para aprofundar … não faria coaching, não é?! 🙂

5 – Sim, com certeza!! Você achará as respostas para as perguntas difíceis – o Coach desafia para que você possa achar a resposta. É como um garimpo em si mesmo. O papel do Coach não é ser um livro de respostas, mas sim um livro de perguntas, pois as respostas estão em você … é só buscar e a pergunta certa faz total diferença nessa busca.

6 – Não é receita de bolocada processo é um processo, cada cliente é um cliente. Tenho clientes que indicam outros e volta e meia vem “você vai fazer a mesma atividade que fez com fulano?”. A resposta sempre é “depende”, depende do objetivo e caminho de cada cliente. Dentro de minha atuação, customizo todo o processo para cada cliente, é um trabalho de artesã, não existem dois processos iguais, pois não existem dois clientes iguais. E faz tanta diferença tratar cada cliente como único e não como “mais um”…

7 – Você descobre que tem mais confiança do que imaginava – todos os clientes que atendi (isso mesmo, 100%) relatam que se sentem mais confiantes, mais seguros, que isso faz diferença e que foi um dos principais ganhos do processo. E um detalhe, nem 10% tinham segurança e confiança como demanda no início do processo, ou seja, nem sabiam que precisavam e conseguiram mesmo assim algo que faz muita diferença para sua realização profissional.

8 – O resultado depende de sua ação – é praticamente um mantra “o mundo acontece na ação”. O que você pode fazer de fato e não só o que pensar. Pensar é uma boa parte da história, mas sem ação … uma ideia é só uma ideia, não gera resultados, muito menos mudança. Então sim, você vai agir durante seu processo de coaching, seja conversar, pesquisar, montar uma lista de atividades, pesquisar dados … mais importante que o tamanho da ação, é o tamanho do resultado e do impacto dela.

9 – Você achará que deveria ter começado o processo de coaching antes – não foi nem de um e nem dois clientes que ouvi “todo mundo devia fazer isso”. Um ainda me disse “todo mundo devia fazer isso na faculdade” … sinal que o processo deu resultado … o que mais posso dizer a não ser que fico muito feliz por meus clientes?!

10 – Você vai gostar … e sentirá saudades quando terminar – e seu Coach também sentirá saudades!! Tão bom ter notícias dos clientes e das conquistas que seguem realizando com base naquilo que desenvolveram. Mesmo quando enfrentam uma dificuldade, sim, porque o mundo gira e as coisas ocorrem, já tem outra percepção sobre si que permite continuar superando desafios.

E você? Aceita o desafio de ser sua melhor versão?

______________

Eu, Cibele Sanches (cibele@rumocoaching.com.br), sou Coach de realização profissional e pessoal, Multi especialista de RH e Consultora em Gestão de Pessoas. Fundei a Rumo Coaching & Consultoria com a missão de desenvolver e transformar pessoas e carreiras.

(Quer receber os conteúdos e novidades da Rumo Coaching? Clique aqui)

Quer conhecer nossa Trilha de Autocoaching de Realização profissional? Clique aqui!!

www.rumocoaching.com.br